18 de out de 2010

Apenas fechei os olhos...


Computador, eu, cansaço, trabalho, pensamentos, crianças....essa era eu na frente do pc depois de ver alguns seriados e começando a fazer atividades para as crianças.

De repente fecho o meu olho e abro bem na frente da lembrança que compramos em Buenos Aires, em abril deste ano.
Por um instante saí de mim. Fui levada novamente àquele lugar, senti o cheiro, vi as pessoas, o colorido, a Amada empolgadíssima (ela não estava tão empolgada em Santiago do Chile), os risos, o som do tango, os dançarinos de tango, o vinho, as macarronadas que comemos, os drink's que aprendi a tomar...

Tudo, tudo, tudo.

Tudo de um feriado e de uma comemoração.

Estranho essas coisas que a nossa mente faz conosco. Estamos quieta e de repente...tcharam, lá vem ela com uma de suas surpresas.

Esse souvenir em especial que estou a olhar, me lembra uma casa, até porque é uma casa, rsrsrs. Quero dizer que me lembra lar, família, segurança, porto, esperança...

Talvez seja pela nossa casa nova, talvez porque hoje me sinto em casa em mim mesma. Ou porque eu simplesmente quero estar sempre em casa.

Como saber? Tenho mesmo de saber?

Vou apenas ficar com a sensação boa que esse souvenir me trouxe, e fazer de tudo para ter outros momentos ótimos como esse.

Lembranças boas é o que quero sempre guardar em minha alma, em meu ser e em meu lar.

Nenhum comentário: