31 de jul de 2010

Ahhhhhh como é bom ter você...


Eu já estava quase desligando meu pc quando resolvi vir aqui no blog ver se tava tudo bem...e para minha tristeza tava tudo mais do que bem, o que significa que ninguém vem me visitar...bem, mas prossigamos.

Mas não podia dormir sem deixar aqui registrado o quanto tenho sido amada.

É a Amada ta num momento todo carinho, o que eu to adorando, e tem me feito alguns mimos.

Hoje me mandou uma mensagem lindissima (torpedo) que me derreteu toda.

Lógico que ela não sabe disso..r.srsrs.

Mas estou amandorando tudo isso, toda essa energia positiva, esse revigorar que a vida tem nos dado.

Lembrei de uma música da Maria Rita (olha só não falei de Ana Carolina...rsrsr) que diz:


"Se perguntar o que é o amor pra mim

Não sei responder,

Não sei explicar.

Mas sei que o amor nasceu dentro de mim

Me fez renascer, me fez despertar.....

...

Até hoje ninguém conseguiu definir

O que é o amor.

Quando a gente ama brilha mais que o sol

É muita luz, é emoção o amor.

Quando a gente ama é o clarão do luar

Que vem abençoar o nosso amor...."


E quem é que não fica radiante com o amor?

Quem fica indiferente a algo que move tudo o que tem dentro de nós..alegrias, felicidade, lembranças, sonhos, história, realidade, vontade, verdade, ira...tudo tudo tudo.

Eu também "Te quero para sempre. Você e nossa famíla, nossos filhos e nosso amor. Eu te amo."

Sempre e pra sempre.

28 de jul de 2010

To com medo do futuro...


Sou professora.

Olha que legal...sempre adorei a ideia de ser professora.

Mas ultimamente estou com medo.

Sim sim, ando com medo do futuro.

Vejo crianças de 6 anos sem limites, sem saber o que é respeito, o que seja educação.

Sou super a favor de leis que garantam as leis de crianças.

Mas, sinceramente, não adianta fazer leis para crianças e não favorecer instruções adequadas para as famílias de como educar as seus filhos.

No ECA já tem lá garantido que a criança tenha locais de lazer. Mas isso só no papel, porque aqui onde moro mesmo as crianças tem poucos, ou nenhum, locais de lazer.

Cinema, teatro, biblioteca..???? aonde estão? Os parques então nem se fala.

Tenho medo do futuro pois as crianças de hoje serão o futuro e o que poderemos esperar delas?

O que estamos dando a elas?

Temos de nos repensar, temos de nos recuperar...

25 de jul de 2010

Quem ainda não se converteu....tem tempo.


Outro dia estava eu aqui com meu controle remoto na mão (me sinto poderosa quando estou com o controle remoto) e mudando de canal; tv aberta hoje em dia só por falta de dinheiro pra ter uma tv paga; num domingo de manhã (só pra termos ideia da situação) quando descobri que hoje em dia só não se converte quem não quer.

Porque GENTEEEEEEMMMMMMMMMM, só tem programas de religião. Só isso, e o melhor é que é para todos os gostos e rostos e vontades e tudo o mais.

Bem, como deve ser explicado, eu ultimamente não ando tendo muita paciência com religião.

Não sou contra nenhuma e nem a favor. Acredito que cada pessoa tem condições de julgar o que é melhor para si. Enquanto foi bom pra mim, como pessoa, eu segui uma religião. Ia a Igreja, fazia encontros, sorria e era feliz. Até o momento em que aquilo tudo começou a sufocar o meu verdadeiro eu, daí foi impossível continuar, tive de parar.

Agora o porque eu levantei de minha cama para vir até aqui digitar essas coisas?

Estou eu deitada em minha cama, com o controle na mão, assistindo dois programas ao mesmo tempo (por isso gosto do controle). Quando terminaram eu comecei a "vasculhar" esta telinha...um canal me chamou a atenção. Tem 2 mulheres conversando, uma pastora e a outra repórter (também da igreja) e o assunto é "Casamento". Quando de repente a pastora diz..."A mulher é submissa ao homem. O homem foi criado por deus para conquistar e a mulher para ser submissa a esse homem. E não é submissa de abaixar a cabeça, mas sim de COLABORAR COM O HOMEM."

E ela ainda tentou explicar mais ainda o que seria esse ser 'submissa', que é ter uma missão...que a mulher esta 'sob a missão de colaboração".

Agora por favor alguém me explica uma coisa...Como uma pessoa que fica em casa, cuida dos filhos, lava, passa, cozinha, sabe os gostos de todos em sua casa e de amigos, cunhados, parentes... quando esse homem chega em casa ela já cuidou de tudo, já foi a escola ouvir a professora reclamando do seu filho pois ele está correndo na hora do recreio, já limpou a casa, já tem comida pronta, já ligou nas Casas Bahia e fez renegociação da dívida que tinham, já levou a mãe no posto de saúde para tomar a vacina contra gripe....pode ela ser a colaboradora??

Ou então ela saiu antes até desse homem para trabalhar, ouviu desaforo da patroa, fez faxina na casa de alguém. Chegou em casa, lavou, passou, cozinhou, conversou com as crianças, leu as agendas, respondeu o recado da professora (reclamando do filho que estava correndo no recreio), trouxe a fruta preferida do marido, tomou banho, jantou e esta indo descansar para levantar cedo no dia seguinte. Essa mulher é realmente colaboradora?

Pra mim ela é a que FAZ e não a que colabora.

Queria ver um homem fazer tudo isso com muita desenvoltura e humor.

Conseguir ainda no sábado ir ao aniversário da sobrinha e ajudar a irmã a fazer os preparativos.

Não somos colaboradoras. Somos as Atrizes Principais.

Sem nós nada é feito. Não tem como não há vida, literalmente falando, se não for nós mulheres.

ÀAAAAA MULHER. Como te admiro.

Fui criada por duas maravilhosas mulheres. Batalhadoras, vencedoras, participantes, ativas, fazedoras de histórias. De forma alguma, de maneira nenhuma elas foram colaboradoras.

Não estou dizendo que nós não devemos colaborar com a pessoa que esta dividindo a vida conosco.

Claro que sim, esse sem dúvida esse é um dos motivos de dividirmos nossa vida com alguém, se não fosse isso, não teria sentido, não seria necessário ter alguém, poderíamos continuar sozinhas.

Isso não quer dizer que só uma dessas pessoas deva ser fazedora e a outra colaboradora.

Em certos momentos eu preciso que a Amada colabore comigo, em outros momentos é ela que necessita da minha colaboração. Não dá pra só uma dar e a outra acolher.

Fico ainda decepcionada com essa mentalidade utópica, religiosa, machista e sexista dessa nossa sociedade, quando na realidade é bem diferente.

Esse é o momento de nós, mulheres, mudarmos essa realidade, essa visão errônea e impossitória, de quem somos.

Eu sinceramente não consigo acreditar que um deus fez um ser humano feminino pra ser 'colaboradora' de um outro ser humano masculino.

Acredito que com o tempo observou-se que a mulher é muito sábia e que com isso seria importante começar a 'domá-la'.

Vamos nos libertar disso.

Então se você ainda não se converteu, se converta agora.

Se olhe no espelho, se ame, se aceite, principalmente observe que você é a fazedora de história.

Você é o grafite e não o lápis.

E se converta, se livre dessa opressão que nos impuseram.

Vivamos a nossa verdade feminina: SOMOS PODEROSAS.

23 de jul de 2010

Quando penso em avanço social....



Quando eu na minha santa ignorância, acredito que a sociedade esta caminhando para um momento mais avançado de socialização...vem as eleições.

Sou super favorável à eleição. Um momento único da demonstração da democracia (sim ta certo que seria mais democrático se as pessoas tivessem a oportunidade de uma educação de qualidade para que pudessem votar com consciência...), de qualquer forma é um dos raros momentos, pensando bem, é o único momento em que pobre, rico, branco e preto não tem diferença. Não é só um ou só outro ou alguns de um e alguns de outro que podem participar.

Bem então deveria eu estar em alegria, afinal das quantas vamos votar?...huruuuuuu vamos passar 2 domingos indo à escolas, apertando teclinhas e vendo a cara da/o nossa/o candidata/o e ouvindo o toquinho tilililim de confirmação.

Mas não, não e não...nessa sociedade existe a igreja, religião. E estava eu lindamente passeando por alguns sites de notícias quando leio..."Bispo manda padres a falarem para seus fiéis a não votarem na Dilma pois ela é a favor do aborto."

"Meu mundo caiu..."

Gente aonde estamossssssssssss....que vida é essa?

Eu to quase desistindo dela, sabia?

Não to dizendo que é pra todo mundo ser a favor disso ou daquilo. Mas que a religião tem tirado de muitas pessoas o direito de escolha, de liberdade.

Vamos lá, o aborto já existe no nosso país. Só não sabe disso a Júlia, minha filha que não nasceu ainda. Quem tem um poder aquisitivo bom, faz aborto em clínicas pagas e tem suas vidas salvas. Elas podem até se confessar depois. Quem tem um baixo poder aquisitivo faz em locais inadequados, com remédios impróprios e por vezes vencidos e depois vão morrer nos hospitais públicos que trata com descaso as mulheres que lá chegam após um aborto.

Então essa mesma igreja pode me dizer quem é que eles estão protegendo? Quais vidas mesmo estão sendo preservadas e o foco de preocupação deles?

Nós mulheres continuamos sendo tratadas apenas como objetos, que tem de seguir ordens, apenas ordens.

Até em quem vamos votar querem mandar.

O Serra já se saiu bem na fita..."eu não concordo com o aborto" ELE É HOMEMMMMMMMM. Será que entendem que homem nem deve mesmo se preocupar com aborto pelo simples fato deles NÃO FICAREM GRÁVIDOS?

Não existe ser mais complexo que a mulher. E acredite isso não é uma critica negativa, apenas a realidade.

Estou eu aqui cheia de dor pelo corpo porque vou menstruar e parece que tem um monstro dentro de mim me consumindo. Algum homem é capaz de saber o que é isso??? Não porque eles não menstruam.

Eu acredito que assim como o homem toma a decisão de deixar uma mulher sozinha quando descobre que ela esta grávida, a mulher tem o direito de não prosseguir com uma gravidez.

Minha sobrinha disse assim: "Se a mulher não quer, deixa pra adoção"

Legal isso, seria até a solução de muitos outros problemas...mas é aiiiiiiiiii que temos outro problema, e talvez um dos maiores que temos no nosso país, ADOÇÃO.

Não é simples, nem fácil adotar uma criança. Tanta burocracia que a criança cresce abandonada num orfanato, sem carinho, amor, atenção...

Vou pensar na mulher, nessa que também sou eu e que não posso prever o futuro meu, nem da minha companheira e nem da nossa criança tão ansiada e aguardada.

Quero acreditar e preciso, numa sociedade menos preconceituosa, mais igualitária e honesta.

Não vamos deixar que mais uma vez a igreja...essa que já matou em nome de deus, nos diga em quem votar ou não votar. Porque ela também é política.

As pessoas devem querer ir a igreja para estarem com deus e não para serem cordeirinhos que caminham um atrás do outro sem saber para onde estão indo.

22 de jul de 2010

Faz tempo heim...


Gesuis...já passou dia das namoradas, meu aniversário, minhas férias estão terminando e eu não mais escrevi aqui.

Nem aqui, nem ali e nem acolá.

Faz tempo, faz muito tempo que não escrevo.

Preguiça? Talvez.

Desanimo? Um pouco.

Falta de tempo? Nem tanto.

Então afinal das quantas, qual o motivo que não me fez escrever mais??????????

SEI LÁAAAAAAAAAA.

Só sei que não escrevi..hehe.

Acredito que o que quero escrever não cabe neste blog.

Talvez eu queira o anonimato e escrever o que sinto, penso, amo, odeio...

Neste momento mais uma vez percebo que sou covarde em algumas coisas, sou de esperar, de me fechar, de não me arriscar...

Ahhhhhhhhhhhhhh e daí fico com um odeozinho dentro de mim contra mim mesma...Por que sou assim?

Por que fecho a cara quando não gosto de algo? Por que perdi a atriz que existia dentro de mim e que me fazia sorrir mesmo quando eu não queria?

Ganhei tantas coisas e perdi algumas que eu gostava de ter guardado dentro de mim.

Observo que a vida é quase um desvaneio...

Quando penso que a vida ta feliz eu acordo e percebo que estava sonhando. Quando acredito que estou sonhando e tentao acordar de algum pesadelo tenho a mais plena certeza de que nunca estive tão acordada em toda minha vida.

Fazer aniversário de vez em quando não é bom não, ainda bem que é apenas uma vez ao ano...hehehe...E tem gente que comemora mais vezes.


Adoro esta vida, me lembro como sempre disse que esta vida sempre seria insuficiente para viver tudo o que eu quero e posso viver, mesmo que eu viva mais de 100 anos.

Entã0 dona Amanda, onde é que esta este animo e desejo todo de viver e amar?

Não perca nada dentro de si...Arrume, limpe, tire a poeira, jogue fora o que não é mais necessário e acima de tudo ACEITE que a vida mudou, que você mudou.

Deixa de palhaçada...deixa de fechar em suas mãos o que acredita ser melhor, verdade, ideal, real....e abra...deixe o vento levar o que é poeira e que fique apenas a realidade e não o que você julga ser.


Acho que to surtando...hehehe...isso é consequência do vinho, culpe-o..rsrs.

Voltarei a escrever.

Voltarei a me ver.

Voltarei a ser.