13 de out de 2011

Delírio

Acordo com cheiro de seu perfume
Suas mãos desvendando-me
Suas voz adoçando meu ego
Seu corpo me esquentando.

Sussurros de amor nos embalam
Inebriando o quarto com nosso prazer
Sorrisos nos lábios, suor no corpo
E a certeza de te pertencer.

Algo me chama atenção
Abro os olhos e você não está ao meu lado
Anda pela casa
Não profere uma palavra de amor
Vai embora me deixando
Sem saber se sonhava ou vivia.

Fica a dúvida
A incerteza
E a decisão
Guardo o momento em que fomos só nós.

2 comentários:

Lua Nogueira disse...

Perfeito!

Lua Nogueira disse...

Por que parou de escrever?