1 de fev de 2011

Promessa

Promessas feitas.
Quase de toda realizada.
Uma leitura e se repensa
Se cansa
Chora
Aceita, nega.
Acredita, duvida
Impõe, ilude, desilude, desiste.


No espelho o olhar perdido
Não sabendo onde parar, 
No que parar
Em que parar.


No rosto o desgosto.
O cansaço.
Abatido, sente as lágrimas molhar, 
O que antes era sorriso
Hoje é rijo.


Suspira, fecha os olhos.
Respira e inspira.
De olhos cerrados
Promete a si não mais continuar. 

A.N.A. 01/02/11

Nenhum comentário: