6 de ago de 2010

E tudo recomeça outra vez...e outra vez...e outra vez...






Eu não vou falar de retorno de férias pois nem todo mortal brasileiro tem esse benefício de ficar em casa no mês de julho e depois em janeiro novamente..
Vou apenas dizer que aqueles, raros mortais, que tiveram esse privilégio, observaram que as coisas não recomeçam pelo simples fato delas não terem parado.
Ficamos uns dias em casa e quando voltamos ao fantástico mundo da realidade observamos que nada, simplesmente, nada mudou...ABSOLUTAMENTE nada.
As pessoas continuam prepotentes, por vezes insignificantes.
Cadê a alegria, o riso pelo simples, singelo, belo?????? Precisamos urgentemente rever nossos conceitos. Repensar o que essa sociedade capitalista tem feito conosco.
Saímos de férias e voltamos mais esgotadas do que quando estávamos apenas trabalhando e estudando.
Certa vez uma professora nos ensinou "Não sabemos o que fazer quando estamos no nosso momento de lazer. E isso é de certa forma comodo para a industria..."
Verdade. Quanto menos damos valor ao social, ao lazer, ao ir ao parque, museu, teatro, cinema, passear na praça em frente a nossa casa (aqueles que tem a graça de te-la) mais nos focamos no trabalho e fazemos desse o nosso foco principal e não o meio pelo qual teremos uma qualidade de vida melhor.
Tomemos cuidado com nossas escolhas...com as escolhas que mostramos para nossas crianças como ideal e melhor.
E vivamos esse segundo semestre....
Para que mais uma vez tudo possa recomeçar.

Um comentário:

Lua N. disse...

Vivi muito essa sua realidade... não exatamente na minha pele, mas na pele de minha mãe... também é uma sofredora, digo, professora ^^
Tive a oportunidade de ser aluna de minha própria mãe... e sabe o que descobri com isso? Que ela trabalha mais em casa do que na escola... acho que por isso fica tão difícil fazer algo diferente nas horas de lazer...