18 de jun de 2011

TENTATIVAS

Tentativas

Algumas bem sucedidas,
Outras destemidas,
Num momento sucesso
No outro fracasso.

Mas eis que encontro
O limite
O meu possível
A intenção do meu ideal
E a minha mais real

Continuarei tentando
Num instante com mais ênfase
Em outros sem intensidade

Só não quero o dia
Em que desista
das tentativas.

Um comentário:

Lua Nogueira disse...

Tudo que escrevo, tem um tom de desesperança. Tudo que você escreve, é o oposto de mim... sempre cheio de esperança. Isso é reconfortante... ler algo seu. Obrigada por isso.